Seja bem-vindo !

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Discussão no Blog do RaioXNews

Recente comentário da Marina Monteiro no blog RaioXNews gerou polêmica naquele periódico eletrônico.

Marina disponibilizou informações sobre verbas recebidas pela prefeitura. Tais informações foram comentadas e contestadas por alguns leitores.

Ocorre que, em uma destas contestações, um certo indivíduo excedeu-se, extrapolou os limites éticos e morais, defendendo com "unhas e dentes" a Prefeitura Municipal, ofendeu a inteligência da população e ainda quis regrar as atitudes do RaioXNews, do Conselho Municipal de Saúde, além deste Conselho Jovem.

Acompanhe, abaixo, a sequencia dos comentários:



Primeiro comentário - Marina Monteiro

Fábio, respondendo o seu comentário sobre as verbas federais, tenho a dizer o seguinte: a UPA (Unidade Pronto Atendimento 24 horas) valor de mais de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais) já é uma realidade, faço parte do Conselho de Saúde e sei que já foram depositados mais de um milhão de reais na conta do Fundo Municipal de Saúde, os mais 11 milhões liberados para a Sanepar também, só não peça para que respondamos pela administração, porque isso não podemos fazer.

ComentNEWS:
“Depositados”!. E porque não aplicam? A Saúde está um caos, não está? Porque será que não repassam para o Secretário Sinedem que, com certeza saberá o que fazer ?

Segundo comentário - Marina Monteiro

(...)
Quanto as verbas do governo federal para Rio Branco do Sul, posso citar algumas para conhecimento da população R$ 11.600.000,00 (onze milhões e seiscentos mil reais) para saneamento básico liberado do PAC para a Sanepar, e para futura aprovação em 2011 de 32 milhões de reais para saneamento básico segundo o Dr. Ari Nunes comentou comigo e com o André no dia da audiência pública do plano habitacional do município, bastando a prefeitura apresentar certas documentações uma UPA (unidade pronto atendimento 24 horas) valor de mais de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais) e ainda 189 casas do projeto minha casa minha vida que ainda dependem de encontrar um terreno regularizado. Citei apenas alguns exemplos, a culpa do atraso é do município e está na falta de gestão pra não dizer incompetência das últimas administrações.

Terceiro comentário - Fábio Mayer

Marina,
Se a administração não divulga, não tenho como confirmar sua informação, embora nem de longe eu duvide de você. Acontece que dinheiro liberado, quando se trata de contas públicas, não significa dinheiro em caixa. Ademais, se foi liberado, é porque obras devem estar em andamento, e não temos notícia de obras tocadas pela prefeitura de RBS para erguer unidade de saúde. Quanto à SANEPAR, idem. E tenha certeza que, se as obras de adequação da distribuição de água começarem, todo mundo saberá e haverá MUITA grita, até porque, o povo de RBS não quer pagar pela água, ele deixaria de eleger um prefeito por conta disso. Mas você tem razão ao deixar claro que cabe à prefeitura divulgar esses dados, anunciar onde será a UPA e quando começam as obras. Vale o mesmo quanto a SANEPAR.

Quarto comentário - Cesar Henrique

Sra. Marina e Fábio Mayer, primeiro, tenho parentes que ocupam cargos atualmente na prefeitura, e sei também através de outras fontes, por exemplo, pelo site www.bb.com.br www.saude.gov.br, que os repasses federais e estaduais para custeio da saúde em Rio Branco do Sul é de em média R$150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais), por mês, mais os 15% que é de responsabilidade do município que daria algo em torno de R$450.000,00 (quatrocentos e cinqüenta mil reais). E D. Marina, discordo do “Julio” quando lhe atribuiu competência, pois se faz parte do Conselho Municipal de Saúde, deveria saber e informar de forma correta, e não com aleivosia ardilosa. A VERDADE É QUE até o momento só houve o repasse de R$140.000,00 (cento e quarenta mil reais) para a UPA, e que o valor exato do total da obra é de R$1.400,00 (um milhão e quatrocentos mil) e não “mais de um milhão e quatrocentos mil”, onde eu consegui esta informação??? aqui óó: www.fns.saude.gov.br, de acesso a todos rápido, portanto o tempo que Vsa. Sra. dispensou escrevendo seu comentário, poderia tê-lo consultado você mesma, depois, postado A VERDADE aqui como “representante do Conselho Municipal de Saúde” que faz parte! Caro Sr. Mayer e diretores do RAIOX E RAIOX-NEWS, gostaria que informações e inverdades não fossem publicadas aqui, ou que fossem checadas junto as fontes necessárias, que estão a disposição de todos os cidadãos e principalmente a este nobre jornal. Porque comentários e matérias em colunas sendo publicadas com inverdades, mentiras e invenções não demonstra nenhuma responsabilidade, o pra mim deve ser obrigação de quem informa e escreve aqui e no RAIOX. Senão sua (i)responsabilidade é tal igual aquela de quem administra ou deixa de administrar bem o município, informar é dever, informar a verdade é obrigação!!!

ComentNEWS:
Com 15% dá R$.450 mil? Por favor explique melhor. O RAIO X e o NEWS não publicam “Inverdades” e “mentiras”; publicam opiniões e convencimentos de seus leitores e promovem o debate, certamente saudável, como informativo. Assim como cedemos este espaço para V.Sa. contestar e até acusar o RX e o NEWS, também damos liberdade aos leitores para manifestar suas dúvidas. Se compete ao Conselho de Saúde divulgar os dados, certamente seria muito mais transparente se o Poder Público publicasse tais dados, pois é ele que recebe os valores. Prestação de contas públicas seria desejável, pois enquanto o público faz conjecturas e comenta sobre números, o Poder Público tem os números reais. Porque não os divulga?

Quinto comentário - Cesar Henrique

15% = 450 mil SIM!!! A Sr. Mayer, por favor!!! Tenha a santa paciência!!! Além de mal informado não sabe fazer contas??? Nunca visitou o sitio www.bb.com.br e acompanhou os “repasses financeiros” que o municipio de RIO BRANCO DO SUL recebe??? Duvido que não!!! Mas vamos considerar que ainda não o fez! Vamos considerar que não saiba, apanhe então uma calculadora e veja que a média dos repasses para o municipio de RIO BRANCO DO SUL, sejam Federais ou Estaduais é de mais ou menos, repetindo, mais ou menos 3 (tres) MILHOES!!! ora ora ora, quanto é 15% (quinze por cento) de três milhões????? QUANTO??? QUANTO?? Não é questão de gostar ou não do RAIO-X, ou do Sr. MAYER, é sim fazer com que aqueles “responsáveis” pela divulgação da informação em nosso municipio, o façam de forma correta. Se o JORNAL não consegue obter as informações diretamente da fonte NÃO PODE SAIR POR AI PUBLICANDO INVERDADES, inventando noticias! AS CRITICAS devem existir contra o governo, federal, estadual e municipal, agora sejam inteligentes!!! Critiquem de forma coerente!! Digam a verdade, não posso admitir gente por ai falando o que quer, e tendo isso por verdade! Gosto de FATOS, apenas dos FATOS. A ADM Publica tá uma m…. concordo!! Agora isso NÃO dá direito a “conselho jovem” a “conselho de saúde” e até mesmo ao RAIO-X de sairem por ai “metendo o pau” a torto e direito, querem criticar, querem falar mal? Falem, mas falem a verdade, não distorçam os fatos, não publiquem o que não é verdade, não “aumentem”, apenas critiquem, este é o melhor e maior beneficio de se viver num pais democrata. Agora democracia, não é anarquia, onde todo mundo se utiliza da incompetencia de alguns para tripudiar em cima e justificar o uso de informações distorcidas para formar uma opinião publica!

ComentNEWS:
“Tenho parentes na administração”. Esta frase de seu comentário na edição anterior deste NEWS já justifica a ênfase com que o leitor defende seus pontos de vista. Se o Poder Público atendesse à sugestão deste NEWS, também na edição anterior, os “conselhos” não teriam motivos para manifestações. Acontece que até aqui os “conselhos” eram “indicados” pela ADM e manipulados ao bel prazer de seus membros. Se hoje os “conselhos” têm “independência”, é porque um novo tempo está chegando e os até agora “manipuladores” perderam o rumo, não gostam de ser fiscalizados, não gostam de ser interpelados publicamente e o NEWS acha que o César Henrique é um desses que não admite “contestações”, especialmente por que “tem parentes” na Administração. Quanto à matemática do Editor, tem que se citar “números” e o leitor na crítica anterior, não disse que as verbas da prefeitura seriam de aproximadamente R$.3 milhões. Porém, não é sobre esse suposto valor que incidem os 15% obrigatoriamente aplicáveis à saúde. Se o leitor tivesse assistido à Palestra a que o NEWS se refere acima, entenderia melhor do assunto, mas o NEWS acredita que o leitor não tem muita disposição de se informar melhor, pois está mais empenhado na defesa “dos parentes”.
Por falar nisto, o NEWS gostaria de saber “quem são esses parentes”, pois aí – quem sabe – pudesse identificar o César Henrique. O NEWS insiste: Se o Poder Público tem os números, porque não os publica? Medo dos “conselhos”?

Sexto comentário - Karime Fayad

Quando li o último RaioXNEWS, fiquei pasma com o comentário do leitor César Henrique. Primeiro, percebe-se que a pessoa é extremamente mal educada ao dirigir-se ao jornal e aos seus eleitores desta maneira. Segundo, não é porque o jornal nos abre espaço para opinarmos que podemos escrever ofensas a quem quisermos, trata-se de uma questão de ética, conduta e educação. Terceiro, eu como presidente do Conselho Jovem, venho defender a mim e ao meu grupo, das calúnias levantadas pelo Sr César Henrique. Não admito que o senhor fale quais são ou não os nossos direitos, pois nós os conhecemos muito bem, meu caro. E em MOMENTO ALGUM nós falamos o que não fosse verdade! E outra coisa, já que o caríssimo gosta de fatos, eu o aconselho a sair com o seu carro pelas ruas de Rio Branco do Sul, que verá milhares de buracos que mais são valetas, verá também, as lixeiras quebradas, as áreas de lazer abandonadas e centenas de jovens nas ruas sem ter o que fazer, sem ter uma quadra poliesportiva ao menos, para poderem se divertir. Ou também, vá numa reunião da câmara que se sentirá um verdadeiro palhaço, como nós nos sentimos. ISTO SÃO FATOS, meu caro! Ao ler o comentário do Sr. Mayer, entendi o porquê da sua brabeza: “Tenho parentes na administração.” Enfim, queiro deixar claro, que independente de quem estiver nos governando, iremos criticá-los quando eles errarem e iremos apoiá-los quando eles acertarem. Nós não tratamos a política como um jogo de interesses pessoais e sim como o aquilo que deve trazer o bem-estar social de todos nós.

Sétimo comentário - Marcos Brito

Em resposta ao Cesar Henrique:
Se não me falha a memória, os valores referentes a UPA, dos quais a Marina falou, foram repassados pela própria Secretaria de Saúde, na pessoa do Dr. Sineden, e corroborados pelo contador da prefeitura. Além do mais, e infelizmente, duvido que algum portal eletrônico de transparência pública disponibilize informações em tempo real e menos ainda em sua totalidade.
Ademais, existe em nosso país uma Constituição, a qual comumente é adjetivada cidadã, e é assim chamada porque garante, entre outras, a liberdade de expressão e da manifestação do pensamento. Creio que não seja de sua competência dizer-nos quais são nossos direitos ou quando devemos exercê-los.
Outrossim, quando criticamos a Administração Pública ou a Câmara de Vereadores, não estamos criticando a pessoa física que detém o cargo, mas a própria entidade política que ela representa. Tornar a “coisa” pessoal é característica de coronelismo. Não nos interessa se o Sr. tem parentes na Prefeitura Municipal ou na Casa Branca, mas se eles forem funcionários públicos a população pode e deve criticar e cobrar eficiência e moralidade, afinal são princípios constitucionais, meu caro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você diz sobre isso?

Postar um comentário